Categorias
Sem categoria

CUBA EM 30 SEGUNDOS




Fume um Cohiba enquanto considera o cerne da questão.

A principal razão que levou à tentativa patética de revolução colorida em Cuba – totalmente apoiada pelo Departamento de Estado do Estupidistão. – foi o BLOQUEO, como no embargo americano, recentemente condenado por praticamente todas as nações na Assembleia Geral da ONU.

Bruno Rodriguez Parrilla, da Cuba FM, observou que o BLOQUEO custou nada menos que US $ 9 bilhões para a economia cubana desde 2019 (10% do PIB) e US $ 17 bilhões nos últimos 5 anos.

E ainda uma – orgulhosa – ilha com um PIB de apenas US $ 90 bilhões faz um covarde Império do Caos tremer de medo.

O golpe BLOQUEO inclui perversidades humildes, como proibir a Western Union de administrar remessas estrangeiras para Cuba.

E depois há aquela miríade de sanções imperiais aplicadas contra o aliado cubano Venezuela.

O governo cubano de Diaz-Canel tentou de tudo. No ano passado eles mudaram a política bi-monetária e neste ano proibiram o uso do dólar americano nas transações locais. Os salários aumentaram 500% em janeiro. Mas então tivemos aqueles pesos excedentes misturados com queda na produção e um déficit fiscal que gerou um desastre desconhecido em Cuba: a inflação.

Havana contava com coisas que nunca aconteceram: uma distensão com os EUA (os manipuladores do Crash Test Dummy não permitiram); turismo internacional crescendo novamente (não com a histeria de Covid ainda forte); e um aumento no preço das commodities (ao contrário: o açúcar, o principal produto de exportação de Cuba, caiu para o nível mais baixo no início dos anos 2000). Enquanto isso, as remessas em 2020 caíram 37% em relação a 2019.

A Rússia e a China podem ajudar? Não muito – porque eles têm mais do que suficiente em termos de serviços que Cuba exporta (medicina e educação). É um jogo totalmente novo em comparação com o século anterior, quando 72% do comércio dependia da URSS. Depois veio o PERIODO ESPECIAL, no qual o gênio de Fidel manteve a bola rolando. Hoje a Venezuela – o aliado estratégico – responde por apenas 17% do comércio cubano, seguida pela China, Espanha, México e Canadá. Ainda assim, isso não é suficiente para pagar as contas.

Mas NÃO se engane ao terminar seu Cohiba: a crise cubana tem tudo a ver com o BLOQUEO do Estupidistão.

Pepe Escobar em sua página no Telegram

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s