Categorias
Sem categoria

Donbass – Carta aberta de Faina Savenkova ao Presidente da República Francesa, Emmanuel Macron | Donbass Insider

https://www.donbass-insider.com/fr/2021/06/09/donbass-lettre-ouverte-de-faina-savenkova-au-president-de-la-republique-francaise-emmanuel-macron/

Donbass – Carta aberta de Faina Savenkova ao Presidente da República Francesa, Emmanuel Macron | Donbass Insider

Faina – Crianças não deveriam morrer por causa de um conflito entre adultos –
09/06/2021


Sr. Presidente da República Francesa, Emmanuel Macron,

Olá, meu nome é Faina Savenkova. Eu tenho 12 anos Na minha idade, provavelmente é mais apropriado pensar em entretenimento e livros, mas moro em Lugansk. É no Donbass, onde a guerra já dura sete anos. Amo a França, leio muito sobre ela e admiro a história e os escritores franceses, porque também sou um aspirante a dramaturgo.Mas, infelizmente, na França, eles não sabem o que está acontecendo em nosso país. A mídia não está interessada na opinião do povo de Donetsk e Lugansk. Talvez tenham medo de contar tais horrores, ou sejam indiferentes à situação no Donbass, porque isso não acontece com seus filhos e nem em seu país. Mas eu gostaria de dizer que não temos terroristas nem bandidos, mas pessoas comuns que são vítimas das ambições dos presidentes ucranianos. Nossos pais e avós tiveram que pegar em armas para nos defender do exército ucraniano.Temos um beco de anjos em Lugansk e Donetsk. Seu nome é uma homenagem às crianças mortas nos atentados ucranianos. Certamente a vida de uma criança não é tão interessante no mundo e crianças morrem em diferentes partes do nosso planeta, mas é a nossa vida. E pode ser removido de nós a qualquer momento, adicionando outro nome à lista de vítimas. Além de vivermos em tempos de guerra, não somos diferentes dos filhos da França. Sentimos dor quando somos feridos e mortos por estilhaços. Também temos medo quando nos escondemos do bombardeio nos abrigos. Somos apenas crianças que não sabem se existe um amanhã para nós.Quando li livros sobre a história da França, eles falaram sobre o que as crianças francesas sofreram durante a Segunda Guerra Mundial, o horror pelo qual os franceses passaram. Nós, os filhos do Donbass, estamos passando pela mesma coisa. Hoje, como há 80 anos, tudo se repete e se repete no centro da Europa no silêncio indiferente dos países europeus. Isso é inaceitável. A guerra deve acabar. É por isso que decidi escrever esta carta. Acredito que você, como presidente de um grande país, pode ajudar a Ucrânia a parar a guerra.

Tradução de Christelle Néant para Donbass Insider

Telegram

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s